5 práticas para melhorar o recebimento de produtos em seu estoque

O estoque é um dos elementos mais importantes e complexos de qualquer comércio. É nele que se encontra a base para a toda organização dos produtos e para as transações, portanto, todos os processos que o envolvem precisam e devem ser meticulosamente planejados e estudados. A rotatividade do estoque mantém a lucratividade do negócio, logo, precisamos ter sempre em mente que se esta área da sua companhia está parada, a quantidade de dinheiro que você ganha provavelmente também está. Receber os itens solicitados pode até parecer uma tarefa fácil, mas existem diversas possíveis complicações que podem transpor o seu caminho e atrasá-lo por um bom tempo. Confira abaixo algumas medidas que servem para melhorar o momento da chegada de produtos.

 

Agende as entregas:

agendar a data de entregas das mercadorias é uma ação relativamente simples mas que ajuda imensamente. Quando você planeja, você tem plena ciência do que deve esperar, e fica muito mais fácil de saber quando a mercadoria vai chegar de fato e quando você precisa começar a liberar espaço para a mesma. Também é possível pensar em diversas promoções e aproveitar melhor o tempo dos funcionários, já que eles vão saber a quantidade exata de horas que eles precisam para se locomover e administrar esta tarefa.

 

Fique atendo ao cadastro tributário dos produtos:

as diferenças entre os valores dos produtos nas notas fiscais e os valores dos produtos no sistema do empreendimento podem causar diversas complicações sérias para o estabelecimento. Você pode utilizar um sistema automatizado para resolver esta questão ou então empregar um profissional especializado na área para que ele foque em resolver somente problemas do gênero, poupando assim o tempo dos funcionários menos qualificados para esta tarefa e focando em outras.

 

Contrate funcionários capacitados ou treine-os:

ter uma equipe eficiente que sabe exatamente que procedimentos devem executar na hora do recebimento de produtos é metade do caminho andado. Com isso, seus funcionários tem plena ciência de que atitudes devem tomar e você não precisa fazer um trabalho dobrado para corrigir os erros bobos. Se a sua empresa trabalha com quaisquer sistemas eletrônicos e softwares verifique se todos os membros da equipe sabem utilizá-los de forma perfeita.

 

Trabalhe com fornecedores comprometidos:

quando estabelecemos regras antes de comprar fica mais fácil saber que pontos cabe a nós cobrar. Faça um acordo ou um contrato com os produtores, desta forma você consegue estabelecer quais são as suas demandas e ainda identificar que parte dos erros está relacionada aos setores internos da sua instituição e que parte dos erros é de responsabilidade externa. Se você conferir as entregas e tiver algo imperfeito, converse com seu provedor e tente obter algum desconto para minimizar suas perdas e prejuízos.

 

Explore os recursos que você tem disponível:

aproveite ao máximo as qualidades positivas da sua empresa para evitar que este tipo de adversidade ocorra. Se você sabe que o funcionário x é mais atendo que o y, coloque-o para fazer a verificação das notas fiscais. Se você sabe que o sistema ou aplicativo a funciona melhor com as suas urgências do que o aplicativo b, use-o. Não perca tempo insistindo em técnicas que você sabe que são menos eficientes, isto só te faz perder dinheiro.

 

De maneira geral, para todas as crises que temos dentro de uma loja, podemos dizer que prevenir é melhor do que remediar. Seja proativo, se preocupe com este tipo de conteúdo logo no ínicio, desta forma as chances de erros enormes que podem e vão comprometer toda a sua estrutura física e financeira acontecerem é quase zero.

2020-06-24T14:16:34+00:00

Leave A Comment