Portuguese English

Controle de Estoque Para Pequenas Empresas

Controle de Estoque Para Pequenas Empresas

Controle de Estoque Para Pequenas Empresas

 Empresas de pequeno porte terão muito mais eficácia com uma efetiva gestão do estoque, um eficiente controle de estoque em função do giro de cada produto, reduzindo desta forma o custo e com compras adequadas, minimizando perdas em produtos vencidos e obtendo um controle nas vendas. O correto é buscar melhoria estratégica para com isso conquistar o tão buscado sucesso financeiro.

O que é o controle de estoque?

Controle de Estoque Para Pequenas EmpresasControlar o estoque deve ser uma constante rotina, pois favorecerá a organização de toda a empresa, permitindo o controle dos resultados em favor dos investimentos. Com isso a operalização estará favorecida com um controle de produtos e as quantidades no estoque, incidindo de forma impactante nos lucros com um planejamento perfeito das compras.

Como faz?

Com uma gestão eficaz no controle do estoque, registrando entrada e saída de produtos, bem como trocas ou perdas por itens danificados, obtem-se as informações necessárias ao investimento e com custos reduzidos.

Conheça os tipos de controle de estoque que podem ser usado em pequenas empresas

Por periodicidade, o controle de estoque pode ser:

Permanente:

Acompanhamento em tempo real, atendendo desta forma a necessidade de se efetuar a reposição toda vez que o limite mínimo de um determinado produto for atingido.

Temporário ou periódico:

Utilizado para se manter um balanço patrimonial, complementa a verificação na gestão do estoque, objetivando não impactar a operação com a falta de algum item.

Para mensuração, o controle de estoque se divide em:

Físico:

Acompanhamento do estoque nas quantidades das mercadorias.

Valor monetário:

Levantamento do investimento nos custos a cada item do estoque.

Já por modelo de controle de estoque, alguns dos tipos incluem:

Mínimo:

Conhecido Estoque Duas Gavetas, permite a divisão do estoque, transformando em um reserva e outro principal, desta forma ao finalizar um o outro é automaticamente ativado, passando a principal, mantendo sem prejuízo, o giro de mercadorias.

Renovação periódica:

Com a definição de períodos pré determinados, atende-se a demanda em quantidade mínima até a reposição numa eventual compra futura.

Fim específico:

Em atendimento a uma necessidade específica, uma compra é efetuada para a realização por exemplo, em uma promoção ou um evento temporário.

Inscreva-se aqui e receba novas dicas